terça-feira, 22 de maio de 2018

Estudo indica que correr pode multiplicar células cerebrais

Os benefícios da corrida para a saúde física e mental são diversos, e um estudo recente colocou ainda mais um item nessa lista. Pesquisadores da Universidade de Jyväskylä, na Finlândia, descobriram evidências de que correr pode ajudar na multiplicação de células cerebrais. Ainda que os testes tenham utilizado ratos como cobaias, os cientistas estão otimistas com essa possibilidade. “Creio que as rotinas de treinamento foram bem similares às que humanos fazem”, explicou a chefe da pesquisa Miriam Nokia. Os roedores foram divididos em três tipos de exercício: o de corrida, levantamento de peso, e treino de alta intensidade. Os equipamentos eram adaptados para a anatomia do animal: o grupo que treinava força, por exemplo, tinha um peso amarrado em sua cauda e devia subir uma escada. Analisando os resultados, houve uma multiplicação notável de células cerebrais no grupo que apenas corria. Os que levantavam peso ficaram em segundo lugar, e a diferença foi ainda maior quando colocada ao lado dos ratos treinando em alta intensidade. O estresse passado pelas cobaias apareceu como uma possível justificativa para os dados, já que descargas elétricas eram aplicadas aos animais que treinavam com mais potência.




 Diversos estudos anteriores comprovam que uma mente estressada tem uma neurogênese menos efetiva. Ainda assim, Nokia acredita que há mais a se descobrir: “Os ratos na esteira também sofreram com pequenos choques, e os de treinamento com peso não. Portanto, o estresse sozinho não explica tudo”.
A pesquisa ainda não prova nada em relação aos seres humanos, apesar de um estudo realizado com idosas em 2014 ter apontado conclusões muito similares. Nokia também ressalta que levantamento de peso e treino de alta intensidade podem ajudar o cérebro de alguma maneira, mesmo que a neurogênese provavelmente não seja uma delas.

0 comentários:

Postar um comentário